Realizei um saque, mas o dinheiro não saiu. E agora?

Realizei um saque, mas o dinheiro não saiu. E agora?

Infelizmente este tipo de falha é comum, mas há solução e vou te falar agora o que você deve fazer.

A primeira coisa que você deve fazer é verificar no seu extrato se o valor que você sacou foi descontado da sua conta. Se não houve desconto do valor que você sacou, você não tem o que se preocupar, é só realizar o saque novamente EM OUTRO CAIXA ELETRÔNICO, ou seja, em caixa eletrônico diverso do que você utilizou para tentar sacar a quantia anteriormente.

Agora, se valor foi descontado da sua conta e o dinheiro não saiu, se estiver em horário comercial, procure um funcionário do Banco imediatamente e informe o ocorrido. Não se esqueça de apresentar o comprovante da operação de saque realizada.

Agora, se a situação tiver ocorrido fora do horário comercial, imediatamente faça um reclamação no Banco nos canais de atendimento disponíveis. Não se esqueça de anotar o protocolo de atendimento, porque este é um comprovante de que você entrou em contato com seu Banco e relatou o problema. O Banco tem o prazo de cinco dias úteis para resolver o problema.

De qualquer forma, retorne ao Banco no dia seguinte, e em horário comercial, com o comprovante da operação de saque realizada, e informe o problema. Informe também que como não estava em horário comercial, você realizou um reclamação nos canais de atendimento e informe o protocolo de atendimento também.

Caso a sua demanda não seja resolvida no prazo de cinco dias úteis, faça um reclamação no Banco Central. Você pode registrar uma reclamação no site, no link abaixo ou pelo telefone 145.

https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/registrar_reclamacao

Caso ainda nada disso funcione, você pode ajuizar uma ação judicial em face do Banco. Você pode contratar um advogado ou ajuizar a ação no Juizado Especial sem advogado.

Art. 17.  As informações solicitadas pelo consumidor serão prestadas imediatamente e suas reclamações, resolvidas no prazo máximo de cinco dias úteis a contar do registro.  

§ 1o  O consumidor será informado sobre a resolução de sua demanda e, sempre que solicitar, ser-lhe-á enviada a comprovação pertinente por correspondência ou por meio eletrônico, a seu critério. 

§ 2o  A resposta do fornecedor será clara e objetiva e deverá abordar todos os pontos da demanda do consumidor. 

§ 3o  Quando a demanda versar sobre serviço não solicitado ou cobrança indevida, a cobrança será suspensa imediatamente, salvo se o fornecedor indicar o instrumento por meio do qual o serviço foi contratado e comprovar que o valor é efetivamente devido. 

DECRETO Nº 6.523, DE 31 DE JULHO DE 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Direito Descomplicado para Leigos | Todos os Direitos Reservados